Sobre o Centro

O Centro do Rio de Janeiro é um bairro de classe média da Zona Central do município do Rio de Janeiro, no Brasil.

Apesar de possuir edifícios residenciais, o bairro é eminentemente comercial e turístico.

Abriga a maior concentração de edifícios financeiros e de escritórios da cidade.

Possui desde prédios históricos até modernos arranha-céus.

Seus limites incluem os sub-bairros de Bairro de Fátima, Castelo, Cinelândia, Largo da Carioca, Livramento, Praça XV e Uruguaiana; além das ilhas de Cobras, Fiscal, Villegaignon e o aeroporto Santos Dumont.

Seu índice de qualidade de vida é considerado alto. No ano 2000, era de 0,894: o 32º melhor entre 126 bairros da cidade.

Desde 1763, quando a cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro foi elevada à condição de sede administrativa da colônia do Brasil, até 1960, quando a cidade perdeu a condição de distrito federal para Brasília, o Centro foi o palco de algumas das mais importantes decisões e eventos da história do país.

Restos arquitetônicos desse passado persistem até hoje, tendo se convertido em importantes atrações turísticas que são um verdadeiro patrimônio da cidade.